WEBMAIL
Login: Senha:
Um remédio para a alma humana

Sexta-Feira, 28 de Setembro de 2007 (14 anos atrás)
Tamanho do texto: Diminuir fonteAumentar fonte
Urubu choca ovo em floreira de apartamento

Veja a foto ampliada
O urubu Eva e o futuro filhote no ninho estrategicamente escolhido: a floreira do 3º andar está protegida por espinhos, a fim de aumentar a segurança da cria contra predadores
Situação inusitada comoveu a família de Olivo Mayer, proprietário do apartamento. O carinho pela ave rendeu-lhe até um apelido, Eva

Uma situação inusitada, para não dizer inacreditável: um urubu chocando um ovo na floreira do 3º andar de um prédio em Medianeira. A ave sobrevoou o local, na Rua Rio Branco, acompanhada do parceiro, por cerca de seis meses, lembra o proprietário do apartamento, Olivo Francisco Mayer. Até que encontrou na floreira o espaço ideal para pôr um ovo e chocá-lo.

Desde o dia 1º de setembro, conta Olivo, a ave faz vigília no ninho, e assim deve permanecer por mais 20 dias, até o nascimento do filhote. Durante o tempo de incubação, 45 dias, o urubu, carinhosamente apelidado de Eva pela família, não se alimenta, e tem um jeitinho próprio de proteger a futura cria. Quando a ave resolveu se aninhar na floreira, Olivo buscou informações na Internet sobre o comportamento dos urubus, e descobriu que a ave expele um bafo para umedecer o ovo, que em contato com a terra fica marrom, enganando predadores.

Depois de nascer, o urubuzinho deve levar mais 45 dias para aprender a voar. Por isso, serão mais dois meses na companhia da família de Olivo, que adotou Eva temporariamente como animal de estimação. Por que o nome Eva? “Porque é o primeiro corvo a procriar na floreira de um apartamento”, destaca Olivo.

Sofia Cristina Alexius
Da Redação

Fonte: Redação Nossa Folha

  Envie por e-mail            Versão para impressão
 Leia mais


Frase Exata    Todas as palavras 
Desenvolvimento Portal Medianeira - Fone: (45) 3264-6107 - R. Rio Branco, 1270 - Medianeira - PR